terça-feira, 22 de julho de 2008

Bordado com alma

Durante a Merco Noroeste, tive a felicidade de visitar um atelier em Porciúncula, que me deixou emocionada. Eponina Sanches é uma bruxa-artesã, como ela mesma se define, que borda panos e almas.

Em primeiro lugar, o local já é mágico. Você desce uma estradinha, atravessa uma pinguela e se depara com uma construção tipo Robson Crusoé. Tudo feito de madeira ou pego no lixo! Troncos retorcidos se transformam em escada, colunas, vigas e janelas esquisitas. Galhos viram cabides, bambus se transformam em portas. No meio disso tudo, a filosofia e ideais de Eponina vão ganhando vida através dos bordados, tramas e retalhos.

A artesã mostra o Oratório Ecumênico onde as bordadeiras
aprendem a respeitar todas as religiões.

Nada é por acaso, nenhum ponto é sem sentido. Tudo tem história, traz mensagens... Eponina tem convicções fortes e faz questão de transmitir suas idéias através da sua arte.

O tema pode ser político ou romântico. O bordado
é sempre rico e cheio de detalhes.

O mais incrível é o trabalho social que ela desenvolve na comunidade, reunindo hoje um grupo em torno de 400 artesãs que se sustentam através do bordado. Além disso, ela mantém as portas abertas para a recuperação de viciados, acolhendo quem necessita e encaminhando quem pode. Fiquei uma formiguinha diante de tanta generosidade!

A matéria prima é feita de doações, que ela separa, seleciona
e estoca num galpão.

Em épocas de violência, quando perdemos as esperanças diante de tanta barbárie, Eponina é uma chama de luz que brilha lá no interior, trazendo de volta nossa fé no ser humano.

O trabalho de Eponina diz que a vida ainda pode ser rebordada com outros desenhos e novas cores. Ela já está fazendo a sua parte!

3 comentários:

Cesar Aleandri disse...

Eponina deixou um bordado em sua alma Cidda, cujo tema é a sensibilidade. Que bela matéria. Beijo!

maura dias disse...

Cidda, como você mesmo disse....
Que "felicidade" ter a oportunidade de conhecer essa comunidade que desenvolve um trabalho tão especial e lindo! Fico imaginando quantas coisas maravilhosas vc deve ter visto por lá.
Tenho que concordar com o Cesar, que bela matéria!!!!!!!!!!!
bjs

Clarice. disse...

oi Cida,
eu achei o seu blog, justamente pesquisando sobre o trabalho da Eponina.
ano estive na casa dela e me encantei pelos bordados!
ainda não tive a oportunidade de visitar o ateliê dela, mas concerteza deve ser um lugar mágico... e tão encantador quanto ela!