segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Mensagem pra você!

O tempo passa rápido e mais um ano se encerra. O Portal Joia br agradece sua audiência, as curtidas e compartilhamentos de nossos posts nas redes sociais e as palavras de incentivo. 

Aperte o play, tem mensagem do Joia br pra você:




The world has the colors you paint

Red brings energy
Yellow, joy and prosperity.
Violet encourages creativity.
Blue symbolizes protection and harmony.
Green is the color of health... 
and.hope too!
Pink is so much love
and white represents purity and peace.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

A Força é poderosa

Enfim estreia nos cinemas o tão aguardado "Star Wars: O despertar da força", dirigido por J.J. Abrams, o sétimo filme da franquia ‘Star Wars‘. 

A saga tem fãs por todo o mundo, de várias gerações. Este post é dedicado a eles.

Brincos Imperial Shuttle e colar com pingente Naboo Fighter


Licenciada pela Lucasfilm Ltd. / Disney, a designer alemã Malaika Raiss, baseada em Berlim, criou a coleção de joias Star Wars. As peças, entre pingentes, brincos, anéis e pulseiras, trazem símbolos e personagens do filme.

Algumas são feitas de bronze ou prata e folheadas a ouro

Colares com pingentes Darth Vader, Yoda, C3PO e Chewbacca



e outras estão disponíveis em versões mais preciosas, de ouro 18 k. 

Anel Tatooine,  colar e anel Death Star e anel Leia

Star Wars  © & ™ Lucasfilm Limited


Preços entre 49 e 930 euros:  www.malaikaraiss.com/shop/

fotos: MalaikaRaiss

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Mágico

Este é o Bird Repeater, relógio criado em 2012 pela suíça Jaquet Droz. O modelo é um autômato, que une engenhosidade a técnicas decorativas, como gravação, pintura e esmaltação.


No mostrador, dois pássaros (símbolos das montanhas do Jura, terra natal de Pierre Jaquet-Droz, fundador da marca) estão juntos sobre um ninho. Em outra referência às origens da relojoaria, a cachoeira Saut du Doubs também figura ao fundo.


Aí vem a magia: esta imagem tridimensional ganha vida! Enquanto um dos pássaros alimenta um dos filhotes, o outro exibe o colorido de suas asas. O ovo abre e revela mais um personagem e, ao fundo, a água da cascata flui.
Oito mecanismos diferentes atuam em sincronismo para movimentar a cabeça e as asas dos pássaros, a eclosão do ovo, o brilho da água fluindo. 
Ah, o relógio tem caixa de  ouro com 47 mm de diâmetro e apenas 18,4 mm de espessura. Maravilha da alta relojoaria!

video
 video: Pi Production

Fotos: Jaquet Droz

P.S.: O modelo ganhou novas versões  nos anos seguintes, mas isso é assunto pra outro post... 

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Sobre leilões, diamantes fancy e recordes

Quando acontecem leilões importantes no hemisfério norte, sempre acompanho virtualmente.  Meu interesse começa desde os catálogos preparados pelas casas leiloeiras, uma delícia de folhear e também uma oportunidade para  aprender, pois são recheados de informações, seja sobre a histórias das joias e gemas, seja sobre especificações técnicas. 


Na quarta-feira, 11 de novembro, minha atenção se voltou para o leilão da Sotheby’s, em Genebra. Havia muitas peças magníficas à venda e, entre elas, o Blue Moon,  raro diamante azul que cumpriu seu papel de destaque e alcançou um novo recorde mundial para qualquer diamante já ofertado em leilão.  Foi a última peça de uma venda que durou todo o dia.




Este vídeo mostra o diamante azul em bruto e detalhes de sua lapidação pela
Cora International NY (saiba mais aqui)


De olho na divulgação de cada lote, minuto a minuto, acompanhei as joias que corresponderam ou superaram as estimativas e, até mesmo, as que não foram vendidas, para certificar o preço obtido assim que o leiloeiro o confirmava em seu site e, somente depois, divulgar a nossos leitores.


Pois bem, o Blue Moon foi vendido (veja aqui) por exatos US$48.468.158,00 (valor com taxas inclusas) – arredondados na divulgação para US$48,5 milhões. Logo após o bater do martelo, a Sotheby’s divulgou que havia sido comprado por um colecionador chinês, que já tinha rebatizado o diamante como “Blue Moon of Josephine” (lua azul de Josephine).





Ao ver o nome, me lembrei de uma notinha que publicamos no Joia br,  em 2009 (veja aqui), sobre a venda de um diamante azul (proveniente da mesma mina onde foi retirado o Blue Moon) ao colecionador Joseph Lau Luen-Hung, de Hong Kong que, por sua vez e direito, o renomeou como "Star of Josephine" (estrela de Josephine).  

Mistério desfeito, eis aí o nome do chinês, que ainda adquiriu, na véspera da venda do Blue Moon, outro diamante espetacular, rosa fancy vívido de aprox.. 16,08 quilates em lapidação cushion, desta vez da Christie’s, e deu a ele o nome de “Sweet Josephine” (doce Josephine). Pagou 28,5 milhões de dólares! Segundo comunicado pela casa de leilões, este foi o maior diamante deste tipo (corte e cor) a ser vendido em leilão* e estabeleceu um novo recorde mundial.





Os três diamantes famosos e raros, todos montados em anéis, ostentam o nome Josephine – uma homenagem à filhinha de Joseph Lau. Garota de sorte!




* Por falar em recordes de diamantes coloridos, tenho que citar aqui o Pink Star, um fabuloso diamante rosa que foi leiloado em 2013 por 83 milhões de dólares – considerado, à época, o detentor do recorde mundial de preço para qualquer diamante vendido em leilão (veja a notícia aqui).  Porém, algum tempo depois, a Sotheby’s teve o diamante devolvido, pois o comprador não fez o devido pagamento. 

O Pink Star possui mais que o dobro do tamanho do Graff Pink, outro magnífico diamante rosa vendido por 46 milhões de dólares pela mesma casa de leilões, em novembro de 2010 (veja aqui).






terça-feira, 10 de novembro de 2015

Joia portuguesa, com certeza!

Entre as várias técnicas de ourivesaria, uma das que mais me encanta é a filigrana (técnica decorativa onde finos fios e bolinhas de metal são soldados de forma a compor um desenho). 



Conhecida desde a antiguidade, a filigrana aparece em diversas culturas ao longo do tempo (um dos temas da coluna de Julieta Pedrosa  - clique aqui para ver), mas hoje é mais lembrada pelas joias produzidas no Norte de Portugal (como nos fala Karina Achoa – veja aqui).  

Há alguns anos, tive a oportunidade de encontrar vários fabricantes em uma feira de joias na cidade do Porto e pude ver de perto verdadeiras obras de arte. Fiquei sabendo também, nas conversas que tive, um pouco da rica história da ourivesaria portuguesa - um aprendizado e tanto!

Hoje quero compartilhar com vocês o trailer de “Ouro de Lei, histórias do ouro popular português”. O filme de Carlos Eduardo Viana foi produzido pela Associação Ao Norte para o Museu do Traje de Viana do Castelo e transmitido, em novembro de 2013, pelo canal de TV  RTP2, de Portugal.
O documentário aborda a importância das peças tradicionais de ouro na cultura popular, a utilização como ornamento ou como moeda de troca nas operações de compra e venda, o seu simbolismo e fonte de inspiração na criação de joias contemporâneas. A fabricação artesanal de algumas peças (incluindo o trabalho de filigrana) é registrada no trabalho minucioso de artesãos de Póvoa de Lanhoso e de Gondomar.
Aperte o play:




vídeo disponibilizado pela Ao Norte


Não sendo possível conferir o documentário na íntegra, pesquisei na Web e encontrei outro filme do diretor, de 2007: “O Ouro Tradicional de Viana do Castelo”. Se quiserem saber mais sobre a história da ourivesaria portuguesa, acessem o vídeo aquiVale muito assistir!



P.S.: No Brasil, em 2012 , foi lançado o livro "Filigrana - História e técnica", de autoria de Thais Guarnieri e Mariana Ribeiro, com um primoroso trabalho de pesquisa (saiba mais aqui)

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Amarelos

Eles são considerados os melhores amigos de uma garota. Imagine se ainda tiverem uma cor radiante, iluminada?  Pois é, o post de hoje mostra diamantes amarelos, naturais, de cor vívida.

Uma das joalherias mais famosas por seus diamantes amarelos é a Tiffany  - especialidade que remonta a 1878, quando Charles Lewis Tiffany adquiriu o diamante Tiffany de 287,42 quilates. Com lapidação cushion e 128,54 quilates de peso, essa gema é um dos mais importantes diamantes amarelos do mundo, atraindo milhares de visitantes à flagship store de Nova York todos os anos (saiba mais aqui).


Aqui ele aparece montado em um colar 
com mais de 120 quilates de diamantes brancos, em homenagem ao aniversário de 175 anos da Tiffany.

A Graff Diamonds também tem se destacado pelas fascinantes gemas amarelas. Uma delas é o Delaire Sunrise, um incrível diamante amarelo fancy vivid de 118,08 quilates, em lapidação esmeralda (o maior do mundo neste gênero). Cortado e polido pela Graff Diamonds, este diamante foi encontrado em um depósito aluvial na Àfrica do Sul (quando bruto, tinha 221,81 ct) e seu corte foi estudado por meses, a fim de se obter o melhor realce de cor e brilho.

 

Outro tesouro, revelado pela Graff recentemente,  é o diamante Golden Empress (Imperatriz de Ouro), de 132,55 quilates – lapidação cushion, cortado a partir de uma pedra bruta de 299 quilates, originária da famosa mina de Letseng, no Lesoto.



“Golden Empress”  como peça central de um colar todo feito com diamantes amarelos

O bruto também rendeu mais oito gemas menores: seis em lapidação pêra - a maior delas com 21,34 quilates - e duas em lapidação brilhante.  Um excelente trabalho dos gemólogos e lapidários da Graff!




Saiba mais sobre lapidação e polimento de diamantes:
  http://www.joiabr.com.br/gem/1005.html

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Recomendado!

Retomando as postagens no Blog da Redação após um hiato de dois meses, hoje quero compartilhar um curso / workshop que o Atelier Mourão promove no próximo dia 29 de agosto, em Ipanema (Rio). Quem ministra é Ana Passos, que vai falar sobre História da Joalheria para Joalheiros.

Joalheira de bancada, Ana Passos tem um site bacana (anapassos.art.br) onde mostra suas criações e um blog que leio sempre que posso, o Bijoux Bliss (bijouxbliss.com.br).  Ana pesquisa a fundo a história da joalheria, seleciona e comenta destaques de joias em red carpets e leilões, adora tiaras... Sabe e gosta do que faz. Este ano, ela começou a cursar doutorado em Educação, Arte e História da Cultura, na Faculdade Mackenzie. 

Este é um trechinho de uma matéria que escrevi no Portal sobre Ana, quando ela expôs sua coleção Tempo Urbano - joias criadas a partir de peças de relógios antigos (em 04/02/2013): 
"Ana Passos nasceu em Salvador, morou no Rio de Janeiro e vive atualmente em São Paulo. Joalheira de bancada, como se autodenomina, ela executa todas as etapas da criação de uma joia, desde o projeto, a confecção e até a venda.
Apaixonada por joias e adornos, Ana mantém o blog Bijoux Bliss, onde compartilha suas pesquisas e preciosidades encontradas em livros, museus, galerias, leilões, cinema e televisão, abordando o universo da joalheria com muita propriedade!"

Para os cariocas (ou pra quem estiver no Rio de Janeiro nesta época), é uma excelente oportunidade para aprender sobre significados, origens, costumes e uso das joias através dos tempos. 
As informações estão no folder abaixo:  


sexta-feira, 15 de maio de 2015

Alta joalheria em Cannes

O Festival de Cinema de Cannes é uma festa pra quem gosta de joias. Várias maisons joalheiras têm suas criações desfiladas por atrizes e celebridades no tapete vermelho do Festival, que abriu sua 68ª edição nesta quarta-feira (13).

Pra começar, tem sempre novidades da Chopard, que é parceira oficial do Festival e que aproveita a badalação para lançar coleções de alta joalheria (http://bit.ly/jbrcho). Outra que está presente em Cannes há vários anos, e arma festinhas disputadas, é a de Grisogono (http://bit.ly/jbrdgri).

Além de destaques da Chopard e de Grisogono no red carpet, neste post vou mostrar joias da Avakian, que também é suíça. Confiram:

Cerimônia de abertura e premières - red carpet 
                         
Chopard

Lupita Nyong’o, que sempre se destaca entre as mais elegantes, usou brincos da coleção Temptations (quartzo rosa, rubelitas e diamantes).


Embaixadora da Chopard, a atriz chinesa Fan Bingbing escolheu brincos com 25 quilates de esmeraldas em lapidação pera e outros 24 quilates de diamantes.


Julianne Moore usou brincos maravilhosos que levam nada menos que 52 quilates de esmeraldas!


A modelo Doutzen Kroes usou um bracelete feito com ouro fairmined*, nova peça da coleção Green Carpet.

extraído artesanalmente e em conformidade com rigorosos requisitos para o desenvolvimento social, a proteção do ambiente, condições de trabalho e desenvolvimento econômico das comunidades mineiras 



A atriz espanhola Blanca Suarez usou brincos da coleção Red Carpet - joia feita com rubelitas (47 quilates), turquesas, diamantes e tsavoritas. De tirar o fôlego!



de Grisogono

No red carpet da cerimônia de abertura do Festival, quem acompanhou Fawaz Gruosi (diretor criativo e fundador da maison de Grisogono) foi Bar Refaeli. A modelo combinou brincos India e anel Sensuale com um vestido Roland Mouret. Linda e elegante, na medida certa.


Karlie Kloss optou por joias de diamantes: brincos Sole e anel Onde


Natalie Portman tembém escolheu diamantes: brincos da coleção Gocce, anel Jane e pulseira Tubetto.


A atriz Michelle Rodríguez usou um anel da coleção Melody of Colours que traz ao centro uma água-marinha com pouco mais de 60 quilates. (Esta coleção tem peças fantásticas e, a cada temporada, ganha novidades)



Avakian 

Para a première de "Mad Max: Fury Road", Jane Seymour escolheu uma espetacular gargantilha (com mais de 108 quilates de rubis e 40 quilates de diamantes), combinada com pulseira de diamante (com mais de 25 ct) e anel de diamantes e rubi da coleção Cache. 



Com certeza não irá faltar assunto sobre as joias desfiladas em Cannes. A gente continua mostrando os destaques por aqui ou na fan page do Joia br no Facebook. Fique de olho!



fotos: Chopard, de Grisogono e Avakian (divulgação)
foto de Jane Seymour: Pascal Le Segretain/Getty Images

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Romance

Hoje falamos no Portal Joia br sobre a coleção Love, da Carrera y Carrera (veja aqui: bit.ly/jbrlove), uma linha mais leve e delicada da grife espanhola - que, como estamos acostumados a ver, cria peças volumosas e esculturais.

E já que o clima hoje é de "love is in the air", aproveito para mostrar peças de uma outra coleção da Carrera y Carrera: "Mi Musa - Romance en Loto". 

Esta linha é o símbolo da história de amor entre o joalheiro Manuel Carrera e sua amada Marina. Os sapos são a representação do casal, uma forma divertida de lembrar seu primeiro encontro - há mais de 50 anos, os primeiros olhares, e o início do amor que eles mantêm até hoje. 
As joias são feitas com ouro branco e amarelo, diamantes esmeraldas e rubis. vejam e apaixonem-se:




fotos: divulgação

Confiram outras criações da Carrera y Carrera que foram mostradas no Portal Joia br: http://bit.ly/jbrcc e posts aqui no Blog da Redação sobre esta grife de joias que, há muito tempo, a gente é fã: http://bit.ly/jbrblogcc 



sexta-feira, 17 de abril de 2015

Recomendado!

O Sindijoias Gemas/MG, em parceria com o Gemlab, promoverá o Curso Básico de Gemologia. O programa aborda conceitos fundamentais, como identificação, tratamentos e propriedades das gemas, o sistema de classificação de diamantes lapidados, entre outros tópicos. Enfim, tudo o que se precisa para ter uma boa noção sobre as pedras preciosas - conhecimento valioso na hora de vender ou comprar uma joia. 

Quem ministra as aulas é o experiente gemólogo Luiz Antônio Gomes da Silveira, que assina os artigos da coluna Gemologia no Portal Joia br (veja aqui) e que a gente confia e recomenda!

As aulas acontecem de 22 a 24 de Abril, das 19h às 22h, na sede do Sindijoias Gemas/MG, em Belo Horizonte.

As informações estão no folder abaixo e as inscrições podem ser feitas on line. Clique aqui para acessar a ficha: http://goo.gl/forms/Z8VAEbcXZT  


quinta-feira, 16 de abril de 2015

Acessórios para o verão 2016 na SPFW - II

Os desfiles na São Paulo Fashion Week seguem a todo o vapor, e a gente continua mostrando os destaques em acessórios.

O desfile Fúria da Sereia apresentou a coleção Verão 2016 de Ronaldo Fraga. O mineiro se inspirou nos míticos seres que, para ele, representam a força da mulher.
Na passarela, biojoias produzidas pelas artesãs do Projeto Sereias da Penha, de João Pessoa (PB). O grupo é formado por 40 mulheres que, em novembro do ano passado, participaram de oficinas de capacitação ministradas pelo estilista.As peças foram confeccionadas com escamas de peixe camurupim (que antes eram jogadas no lixo!), arrematadas com linhas de pesca e fios de cobre. 




A Salinas buscou inspiração em Essaouira, uma cidade praiana do Marrocos, famosa por suas dunas e por seu centro histórico. Os brincos, clores e broches mostrados no desfile são feitos de cerâmica e foram desenvolvidos pelas artistas Claudia Savelli e Rosana Donate.



E o performático desfile de Lino Villaventura, com muitos bordados e cristais (da marca checa Preciosa):


quarta-feira, 15 de abril de 2015

Acessórios para o verão 2016 na SPFW

Aberta mais uma temporada da São Paulo Fashion Week, que nesta edição celebra 20 anos de existência do evento, vamos mostrar alguns acessórios (bijuterias e joias) que se destacaram, até agora, na passarela.
Vale lembrar que os desfiles acontecem até a próxima sexta-feira (17), então nosso trabalho não se encerra neste longo post....


O desfile da Animale abriu a temporada verão 2016 da São Paulo Fashion Week. Os acessórios da coleção, chokers e braceletes, são de metal e corda - uma referência aos esportes náuticos.
(A inspiração dos estilistas foi o glamour da sociedade dos anos 20 aos 60, gente com estilo de vida sofisticado, pessoas que frequentavam cafés, que praticavam esportes à tarde...)


O desfile da PatBo mostrou looks românticos, onde flores foram destaque. Os brincos (que a gente amou) são de Claudia Arbex.
A estilista Patrícia Bonaldi e a designer Claudia Arbex, além de amigas, têm parceria numa coleção de bijuterias. Veja aqui: http://bit.ly/jbrpatbo



A coleção verão 2016 da Ellus foi inspirada no Marrocos. Os acessórios foram "garimpados" durante viagem ao país africano.

 
Isabela Capeto buscou inspiração nas praias do Rio de Janeiro e em Iemanjá. As joias, de prata e prata banhada a ouro e pérolas, são criações da designer Brenda Vidal. 



Uma história de amor entre um surfista e uma sereia foi a inspiração da coleção da Trya, marca de moda praia. Brincos de argola, enormes, foram os acessórios escolhidos para compor os looks da passarela.



A renda e o artesanato cearense foram homenageados na coleção "Mãos que fazem história", da Água de Coco por Liana Thomaz. Os maxibrincos vistos no desfile, produzidos em parceria com a Francana Metal, lembram rendas de bilro.



A década de 1970 inspirou a coleção verão 2016 de Juliana Jabour. Entre os acessórios do desfile, com certeza, o que mais chamou a atenção foram os maxibrincos... 


Os anos 70 também foram inspiradores para o verão 2016 da Lilly Sarti. Jacqueline Bisset e Charlotte Rampling são musas da coleção. 





terça-feira, 14 de abril de 2015

Cifrões

Hoje a Christie's NY promoveu um leilão com mais de 300 joias, incluindo criações da Graff, Bulgari, Cartier, Harry Winston, JAR e Van Cleef & Arpels.
Confiram alguns destaques da venda e os preços ($$$) alcançados:


O anel de platina com diamante rosa (fancy intense, VS2) de 5,29 quilates e ladeado por dois diamantes brancos em corte meia-lua foi arrematado por US$5,7 milhões.



Um fabuloso colar de pérolas naturais (de água salgada) com fecho de diamantes foi vendido por 5 milhões de dólares! 



Um pingente de platina com um diamante em lapidação pera de 25.49 quilates (cor D, VVS1), assinado pela Graff , foi vendido por US$3,413 milhões.



Uma outra peça, bem conhecida dos apreciadores de joias, é o broche de Paul Flato, criado por volta de 1938 para a fashionista e colecionadora de arte Millicent Rogers. A joia é feita com ouro, diamantes, rubis, safiras e esmalte e traz a frase "Verbum Carro". O broche foi vendido por 450 mil dólares.


E este diamante de 80,73 quilates (cor K, VS2), montado em um anel de platina, era o lote mais bem avaliado antes do leilão. Seu preço foi estimado entre 4 e 5 milhões de dólares, mas ao que tudo indica não foi batido o martelo...



segunda-feira, 30 de março de 2015

Curiosidades



O lápis-lazúli é uma gema que fica linda em joias. O curioso é que ele já era utilizado pelos sumérios e pelos egípcios na antiguidade, não só em peças de joalheria, como também em amuletos, objetos decorativos e até em cosméticos (sombra para os olhos). Foi usado ainda como pigmento em mosaicos e pinturas durante a era medieval e renascentista



No início do século XX, Peter Carl Fabergé utilizou lápis-lazúli em muitas de suas obras, inclusive em um dos famosos 58 ovos de Páscoa confeccionados por encomenda do czar Nicolau II, da Rússia.
E já que estamos às vésperas da Páscoa, vale a pena ver este Ovo Imperial Fabergé, criado em 1912.



O Ovo Tsesarevich foi dado de presente à imperatriz Alexandra por seu marido, Nicolau II. A peça, feita com lápis-lazúli e filigranas de ouro, traz na sua base um diamante solitário e, no seu interior, uma surpresa: o brasão dos Romanov e o retrato do filho Alexei. A moldura do retrato é feita com platina e diamantes e a base tem lápis-lazúli e cristal de rocha.


O ovo foi um dos destaques da exposição realizada pelo Museu de Belas Artes da Virginia (EUA), em 2013. (O Joia br noticiou aqui: www.joiabr.com.br/noticias/n270613a.html)


Este ano, a Fabergé criou um novo Ovo Imperial, o primeiro fabricado pela maison desde 1917. O Pearl Egg, já vendido, foi exibido em Baselworld 2015, ao lado das novas coleções de joias da Fabergé, que estão deslumbrantes (clique aqui pra ver)


Para saber mais sobre o lápis-lazúli: www.joiabr.com.br/gem/0809.html

N.R.: É muito comum o nome não ser pronunciado corretamente. Porém, se prestar atenção à acentuação (lÁpis-lazÚli), não tem erro. ;-)
Ah, o certo é dizer "o" lápis-lazúli (e não "a").
lápis-lazúli s.m.; pl. lápis-lazúlis



sexta-feira, 27 de março de 2015

Surpresa!

A edição 2015 de Baselworld terminou ontem (clique aqui para saber mais), o Joia br já contou várias novidades do salão de joalheria e relojoaria, mas ainda temos muita coisa bacana pra mostrar.

Uma delas é a lúdica coleção "Suprise me", do italiano Alessio Boschi. Ele criou brincos, anéis e berloques que trazem caixinhas de presente revestidas de pedras preciosas, em formatos variados, como quadradas, esféricas e outras que parecem caixas de chapéus. 

Cada joia guarda um segredo: quando a caixinha de presente é aberta, uma surpresa (impulsionada por um mecanismo com mola) salta de seu interior. 
Mesmo de tamanho tão pequeno, nenhum detalhe foi poupado.
Ideia genial, charmosa e bem divertida!