sábado, 28 de abril de 2007

Dublê precioso

E não é que novamente jóias de novela estão causando a maior curiosidade? Tá todo mundo querendo saber de quem são as peças mostradas em Paraíso Tropical, da TV Globo. Pois é, a gente ajuda a desfazer o mistério.

Muitas das jóias feitas pelo ourives Evaldo, interpretado pelo ator Flávio Bauraqui, são da joalheria paulista Dryzun, assinadas pelo designer Rodrigo Robson. Humilde e talentoso, Evaldo é explorado por Taís (Alessandra Negrini) para quem vende jóias a baixo preço e não sabe que são revendidas por um valor muito mais alto, com a assinatura de um designer italiano ficctício. Perguntamos pro Rodrigo o que ele pensa desta situação. Ele nos disse que acha pouco provável que hoje possa acontecer algo deste tipo, pois tanto ourives quanto designers são muito bem informados, não se deixam enganar...apesar de que ainda há muita gente que vende jóias sem contar o nome do autor...milagre sem dizer o nome do santo!

Fotos: o ator Flávio Bauraqui na novela e o designer Rodrigo Robson

Fotos jóias Dryzun: Pulseira Bubbles - presente de Fred para Camila (mostrada nos capítulos de 15 e 16 de março) / Anel Buttons, usado por Taís (capítulo de 24 de março)

O site da novela informa que a criação da oficina de Evaldo levou a produção de arte da novela a visitar alguns artesãos que trabalhassem de modo parecido com o personagem: ”A primeira pesquisa foi com Miguel Simek, que trabalha em casa, exatamente como Evaldo. Pegamos várias ferramentas dele – mesa, broca, vários tipos de alicate – e compramos outras novas também. Tudo para dar um ar mais real”, conta a produtora de arte Nininha Médici. Segundo informações da Ajorio, Flávio Bauraqui e Fernanda Machado (que interpreta uma vendedora de joalheria) foram treinados no Centro de Tecnologia em Design de Jóias do Senac-Rio, na Barra. Para o treinamento de Fernanda, o CDT montou uma sala com vitrines e jóias. Já Flávio fez seu aprendizado no Laboratório de Ourivesaria, com Corina Seiferle.

Flávio, que antes não dava muita importância para jóias, mudou completamente seu ponto de vista e agora enxerga este trabalho de outra forma: “Hoje eu vejo como arte. O trabalho na novela interferiu a ponto de mudar minha opinião”, revelou Flávio ao site de Paraíso Tropical. “É incrível como o nosso foco muda. Para onde olho vejo jóias. E tudo me inspira. O movimento de uma folha pode dar uma linda jóia”, conta o ator. Por conta de sua atuação na novela, Flávio resolveu ele mesmo tornar-se um aprendiz de ourives. Comprou algumas ferramentas e já anda se arriscando a produzir algumas peças.

Em tempo: As peças da Spariam, do Rio de Janeiro, também podem ser vistas na novela Paraíso Tropical: a linha Op Art, Confete e algumas outras peças com toques de branco e preto.

4 comentários:

VALÉRIA SÁ disse...

A cada dia que passa aprendo a admirar mais e mais essa pessoa linda que é o Rô !!!

Cathrine disse...

O carisma e a vibração lhe deram os amigos e a ascensão meteórica. V. merece. V. ainda vai trilhar muitos caminhos e quebrar muitos tabus!
Kate Clarke

Ida Benz disse...

Também sou sua fã...
Continue com esse seu sucesso todo!

Cinara disse...

Taleto nato.
Você é especial de Deus o que faz especial para os homens.
Te amo e você é inspiração mesmo, um exemplo.