domingo, 17 de junho de 2007

Dança dos diamantes

Design moderno, com formas sensuais, movimento e mistura de materiais são, sem dúvida, o grande diferencial das jóias brasileiras. E foi este "mix" que encantou público e jornalistas durante a festa do HRD Awards, realizada esta semana na cidade de Antuérpia, na Bélgica. O Brasil foi representado lá pela mineira Sancha Livia Resende, que teve sua peça "Glamouríssima" premiada no concurso e super aplaudida.

Mil e oitocentos convidados assistiram ao desfile das 38 peças finalistas (sete eram do Brasil!) e ao show da cantora Liesbeth De Vos. O clima de "Uma Noite na Ópera", tema do concurso, foi montado por Dirk De Cloedt, conhecido por dirigir shows de Celine Dion em Las Vegas.

O "mini-coat" Glamouríssima foi confeccionado em flores de tafetá de seda pura - com pistilos em ouro branco e diamantes, base em veludo e forro bordado com notas musicais... totalmente artesanal. Na passarela, os delicados pistilos das flores se movimentavam acompanhando os passos da modelo e realçando o brilho dos diamantes, que pareciam dançar ao som da música. Lindo demais!

7 comentários:

Sancha Livia disse...

Meninas, meu trabalho foi descrito por vcs de uma forma tão linda que me deixou emocionada.Obrigada!
Realmente o espetáculo foi maravilhoso.
Vcs ainda terão a oportunidade de conferir o trabalho de outras designers brasileiras que foram apresentados durante a festa, encantando e reafirmando o quanto nós brasileiros somos talentosos.Valeu!!
Sancha Livia

Danielle disse...

A jóia é linda... Deve ter sido muito emocionante essa noite na ópera! bjos para vcs e parabéns pelo blog que é um show...

Ricardo disse...

Parabéns a designer Sancha Livia pela linda peça e ao Joiabr pela excelente reportagem.

Ida Benz disse...

Livia
parabéns pela peça, está lindíssima!
Quando iremos vê-la aqui no Brasil?

Rodrigo Robson disse...

Sancha (minha Sancha Maria), nós sabemos como somos felizez um pelo outro, e entendemos nossa ligação. Então dizer a vc mais uma vez que foi como se eu tivesse ganhado, é redundante e mentiroso, porque todos nós ganhamos com sua peça. A delicadeza, a harmonia e a veracidade da sua criação é o maior prêmio que o Brasil poderia levar! Vc é o prêmio! Amo demais... A cada dia mais, com toda verdade dessa vida! Seu irmão...
Rodrigo

Sancha Livia disse...

Rô, somos mesmo um pedaço do outro.
Sinto muito a sua falta.Acho que quando nascemos a cegonha enganou-se na entrega e, deixou-nos separados mas , ainda bem que a gente consertou o erro.
Eta tremmmmm bão!
Obrigada pelo sue amor.

Marta disse...

uau, Doró arrasou no comentário, poético. Sinto-me orgulhosa por tê-las como amigas - Doró e Sancha- mesmo assim à distancia. Beijos e parabéns às duas. Sancha, lindo, lindo seu trabalho.

Marta Carneiro