quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Niemeyer e as joias


Com traços ousados e o gosto pelas curvas livres e contornos sensuais, Oscar Niemeyer se tornou um dos nomes mais famosos da arquitetura moderna.


Sua obra, reconhecida internacionalmente, inspirou (e, com certeza, irá continuar a inspirar) criações das mais diversas áreas, incluindo a joalheria e a relojoaria. 




Exemplos são vários (veja aqui) e, se fosse falar sobre todas as peças, este post ficaria enorme. Mas vale citar um trabalho marcante: joias que nasceram dos desenhos que Niemeyer criou.



 
Em 2008, às vésperas de completar 101 anos de idade, o arquiteto aprovou pessoalmente e imprimiu sua assinatura (O.N.) a uma coleção de joias criada pela H.Stern em sua homenagem, a partir de seus próprios croquis. 
Os designers da joalheria buscaram inspiração no elemento primário da obra de Niemeyer: a linha essencial de seu desenho livre e natural, capaz de transformar traços aparentemente despretensiosos em construções emblemáticas como os conjuntos arquitetônicos de Brasília, da Pampulha - em Belo Horizonte, o edifício Copan e os prédios do Parque Ibirapuera - em São Paulo, ou o Museu de Arte Contemporânea de Niterói.


o croqui de Niemeyer e os anéis Pampulha, da H.Stern, em ouro e diamantes


George Israel e Carlinhos Brown também prestaram homenagem a Oscar Niemeyer, com uma canção  composta especialmente para o lançamento da coleção de joias da H.Stern. A música virou trilha sonora de uma animação digitalizada dos croquis, dirigida por Andrés Lieban.


video


Linhameyer


linha da vida minha / linha da boa vista / linha riscando o riso / linha inventando o mundo
linha de mel / pão de açúcar 

são linhas juntas / dá pra pescar do céu 

linha que entorta as curvas / há de torcer as retas 

há de entornar a lua / linha que ensina os olhos 

chá de beber a chuva / linha de anel 

som do papel / pra iluminar você 

tudo que não dá no mundo /se inventa e passa a ter 

há de ter doçura / há de ter verdade 

há de ter você / ar que ter ternura 
há que ter verdade / há de ter você

-----------------


Oscar Niemeyer
(Rio de Janeiro, 15/12/1907 — Rio de Janeiro, 05/12/2012)


Nenhum comentário: