terça-feira, 23 de outubro de 2007

O que a criatividade não faz...

Se pensarmos bem, não há nada mais “banal” do que uma sandália de praia, não é? E até pouco tempo atrás ninguém dava muita importância ao seu design.
E aí veio o case das Havaianas... Elas nos surpreenderam ao se tornarem um ícone cult internacional. E, ano após ano, nos surpreendem com constantes inovações, através de “pequenas” modificações nas tiras, no solado, na diversificação de sua palheta de cores, na introdução de estampas, etc... deixando seus concorrentes sempre para trás!

Mas o designer italiano Paolo Ulian conseguiu desenvolver uma idéia que, desculpem o trocadilho, pode deixar as Havaianas "no chinelo"!
Com um approach mezzo lúdico - mezzo romântico, ele criou uma sandália de praia - comercializada pela empresa italiana SENSI&C -, que deixa gravada na areia a mensagem “who[ever] loves me follow me”.... Muito legal, não acham?

Eu mesma consigo me imaginar tendo a curiosidade de seguir os passos na areia de alguém que tenha o “refinamento” e o bom humor para usar um solado desses... só por brincadeira.
Para mim DESIGN é isso... criar o inusitado de algo ”banal”!

3 comentários:

Guilherme disse...

Adorei essas sandálias!!!
Deu muita vontade de ter um.
Concordo plenamente com o comentário sobre o que é design. Subversão é a palavra chave, pra mim pelo menos.

Ah. ótimo blog!! já tá no meu delicious
:~)

Cidda Siqueira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cidda Siqueira disse...

o mais interessante é que a moda é muuuuuiiiiiito antiga. Os italianos pegaram a onda dos gregos, mais ou menos do século V AC... As cortesãs gregas usavam sandálias, às vezes folheadas a ouro, que tinham as solas cravejadas com pregos. Como as ruas eram de terra, os pregos eram arrumados para deixarem uma pegada com a palavra SIGA-ME (em grego, é óbvio!!). Um charme, não?

24 de Outubro de 2007 16:23